Patrimônio Cultural e Histórico: Uma Rede Viva!

O Projeto

Levando a Cultura para Todos

O projeto “Patrimônio Cultural e Histórico: uma rede viva!!!” é oportunizado pela Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Rio Grande do Sul, por meio concurso “Pró-Cultura RS FAC Processos Culturais Colaborativos” (edital SEDAC 07/2013 e Lei nº 12.490/10), com realização da Valorize Assessoria em Turismo, Cultura e Educação.

Em execução desde abril de 2014, o projeto visa promover a conexão de pontos de pesquisa e valorização do patrimônio cultural e histórico, material e imaterial, de 14 municípios das regiões do Vale do Rio dos Sinos, Vale do Paranhana e Serra Gaúcha. São eles: Campo Bom, Dois Irmãos, Estância Velha, Ivoti, Lindolfo Collor, Morro Reuter, Nova Hartz, Nova Petrópolis, Novo Hamburgo, Parobé, Picada Café, Presidente Lucena, São Leopoldo e Sapiranga.

Por meio do projeto, estas cidades passam a relacionar-se através de atividades culturais, canais de comunicação digital e momentos de capacitação e resgate de memórias coletivas, promovendo a divulgação do patrimônio regional para a sociedade civil, em uma verdadeira caravana de conhecimentos.

O movimento "Patrimônio Cultural e Histórico: uma rede viva!!!” tem o seu desenvolvimento centrado em quatro diretrizes de ação:

1 - Concepção de uma rede informativa sobre o patrimônio cultural e histórico da região

O primeiro estágio do projeto consistiu na realização, através de um diálogo participativo com as secretarias e departamentos de cultura dos 14 municípios envolvidos com o projeto, de um levantamento de dados sobre os bens históricos e culturais tidos como patrimônio nestas cidades. Por meio deste conjunto de informações será mantida a rede Patrimônio Rede Viva, responsável por divulgar e sociabilizar o patrimônio regional com a sociedade civil. Os resultados do levantamento já estão disponíveis e podem ser conferidos no site.

2 - Curso gratuito Patrimônio Rede Viva

Outra importante etapa do projeto consistiu na realização do curso gratuito “Patrimônio Rede Viva”, desenvolvido em parceria com o Instituto Superior de Educação Ivoti - ISEI. O curso, que contou com mais 100 inscritos, abordou temáticas como educação e interpretação patrimonial, turismo e cultura, patrimônio edificado, apresentação dos meios digitais para a viabilização de uma rede colaborativa no segmento patrimonial, além de discussões em grupo sobre iniciativas de valorização e preservação do patrimônio desenvolvidas nas cidades participantes. Ao todo, foram 30 horas de curso, sendo 16 horas presenciais e 14 horas à distância, por meio de programa Moodle.

3 - Apresentações artísticas e culturais

O projeto também está promovendo, ao longo do segundo semestre de 2014, um intercâmbio de apresentações artísticas entre os 14 municípios, de modo a fortalecer e estimular o diálogo e o contato cultural entre as diferentes localidades, revelando suas mais distintas formas de expressão.

4 - Publicação de uma obra sobre os resultados do projeto

Com o intuito de perpetuar e socializar as atividades desenvolvidas por meio do movimento colaborativo "Patrimônio Cultural e Histórico: uma rede viva!!!”será realizada a publicação de uma obra impressa sobre o projeto. O lançamento está previsto para dezembro de 2014 e, através do material, o leitor poderá encontrar informações referentes ao projeto, além de relatos sobre iniciativas de valorização do patrimônio desenvolvidas nas cidades participantes. O material também será disponibilizado online.

Arquivos

Valorize

A Valorize Assessoria em Turismo, Cultura e Educação está no mercado com a finalidade de auxiliar gestores públicos e privados no desenvolvimento de projetos e ações que promovam o produto turístico e cultural de forma inovadora.

Saiba mais

O Projeto

O projeto "Patrimônio Cultural e Histórico: uma rede viva!!!" visa conectar pontos de pesquisa e valorização do patrimônio cultural e histórico, material e imaterial, de 14 municípios das regiões do Vale dos Sinos, Paranhana e Serra Gaúcha.

Saiba mais

Financiamento

Realização