Patrimônio Cultural e Histórico: Uma Rede Viva!

Nova Hartz

A história de Nova Hartz está inserida na política do Império Brasileiro de ocupação do sul do Brasil, através da vinda de imigrantes alemães, a partir do ano de 1824. O município teve sua ocupação territorial iniciada por membros da família Hartz, que chegou a São Leopoldo em 1826 e se estabeleceu no Wiesenthal, hoje bairro Canudos de Novo Hamburgo.
Com o passar do tempo os filhos cresceram, casaram-se e precisaram procurar outras terras para cuidar da família. Assim, os irmãos Jacob e Wilhelm compraram terras de Tristão terras à esquerda do Arroio Grande (onde hoje é o bairro Primavera), mas que não faziam parte da Fazenda do Mundo Novo, entre os anos 1846 e 1849, não temos como precisar a data, dando início, assim, à Harz Pikade (Picada dos Hartz). Alguns anos mais tarde a família Haag comprou terras que faziam parte da Fazenda do Padre Eterno, loteadas por Johann Peter Schmidt e seu sócio Kraemer, dando início ao atual bairro Arroio da Bica. 
A cidade de Nova Hartz tem uma peculiaridade histórica, o Arroio Grande que cruza o centro da cidade a dividia entre dois municípios: as terras que ficavam à direita dele pertenciam a São Leopoldo e as que ficavam a sua esquerda, a Taquara. A emancipação política da Picada Hartz ocorreu em 1987, passando a se chamar Nova Hartz. Ela aconteceu, entre outros, como consequência de uma economia que foi se fortalecendo e se diversificando, iniciando-se com a agricultura familiar minifundiária, passando pela prosperidade oferecida pelas atafonas e moinhos e a partir de 1954 assentando-se na indústria calçadista.
Especialmente a partir dos anos de 1980, uma nova onda migratória se apresentou com a chegada de uma população que vem em busca de oportunidade de emprego nas indústrias calçadistas do lugar, vindas, sobretudo, da região noroeste do Estado e também de Santa Catarina. A vinda destes imigrantes alavancou a economia local e trouxe consigo a diversidade cultural hoje presente no município.
 
(Fonte: Museu Histórico de Nova Hartz)

Valorize

A Valorize Assessoria em Turismo, Cultura e Educação está no mercado com a finalidade de auxiliar gestores públicos e privados no desenvolvimento de projetos e ações que promovam o produto turístico e cultural de forma inovadora.

Saiba mais

O Projeto

O projeto "Patrimônio Cultural e Histórico: uma rede viva!!!" visa conectar pontos de pesquisa e valorização do patrimônio cultural e histórico, material e imaterial, de 14 municípios das regiões do Vale dos Sinos, Paranhana e Serra Gaúcha.

Saiba mais

Financiamento

Realização